Notícias

Teste de libido é realizado em touros pré-selecionados para Teste de Progênie da ABCGIL e Embrapa Gado de Leite

//
Comentário0
/
Categorias, ,

Touros Gir Leiteiro participantes da 9ª Prova de Pré-seleção para o Teste de Progênie da Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro (ABCGIL) e Embrapa Gado de Leite foram analisados quanto à libido, que é uma característica importante para a seleção de animais quando se refere à capacidade reprodutiva dos machos.

As análises aconteceram na última quinta (05/04) e sexta-feira (06/04), durante a manhã, na Fazenda Escola da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), pela professora Camila Raymundo, acompanhada por alunos do curso de Zootecnia da faculdade. Ao todo, foram avaliados 37 touros, com idade máxima de 36 meses ao final da prova.

De acordo com informações da professora, avaliar a libido dos touros que participam de um Teste de Progênie é importante para pontuar os touros participantes da prova, permitindo que aqueles de maior libido subam sua posição no ranking final.

Durante o teste de libido são observadas as expressões comportamentais sexuais dos touros, um a um, frente a um grupo de fêmeas. “Na avaliação são observados os comportamentos sequenciais, como circulação do touro entre as fêmeas, reflexo de Fleming (movimentação das narinas), capacidade de identificação da (s) fêmea (s) em cio, perseguição à fêmea e persistência, tentativas de monta, monta (apoio no corpo da fêmea e penetração) e salto (momento da ejaculação)”, explica Camila.

Durante a avaliação, todos os touros têm o mesmo tempo para expressarem o interesse sexual pela fêmea (até 20 minutos), favorecendo a comparação entre eles. O lote de fêmeas é o mesmo durante todo o teste, sendo este composto por algumas fêmeas em cio e as demais (em maior número) com total ausência de cio.

Durante o teste, os alunos da Fazu vivenciam na prática alguns conceitos de disciplinas como Fisiologia do Comportamento e Reprodução de Bovinos e Melhoramento Animal, onde percebem relações entre estruturas anátomo-fisiológicas e desenvolvimento corporal do bovino com o comportamento dos animais antes, durante e depois da monta.

Deixe uma resposta