fbpx

Notícias

Sindicato Rural e Fazu fecham parceria com Sistema Faemg/Senar

//
Comentário0
/
Categorias

Totalmente gratuito, semipresencial, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e também pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (CREA), o curso Técnico em Agronegócio, oferecido pelo Sistema FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais) e Senar Minas (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), é mais uma oportunidade para produtores, filhos de produtores, pessoas envolvidas com o setor agropecuário e comunidade em geral de se profissionalizarem para atender este mercado.

Para fechar a parceria, o vice-presidente do Sindicato Rural de Uberaba (SRU) – Gilberto Dias recebeu a visita do superintendente do Senar Minas – Christiano Nascif, a coordenadora de Inovações e Conhecimento do Senar Minas – Tércia Pereira de Almeida e Flávio Henrique Silveira – Gerente Regional do Senar Minas em Uberaba.

Por ser referência na formação de profissionais das Ciências Agrárias, Uberaba se encaixa nos requisitos e agora será polo para as atividades da educação formal proposta pela CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil), FAEMG e SENAR Minas. Esta é a seleção da primeira turma do Curso Técnico em Agronegócio que atenderá participantes do município e da região.

“Este é o primeiro de vários cursos que o Sistema Faemg se propõe a trazer para região de Uberaba junto com o Sindicato Rural. Então, a proposta é termos a Faculdade CNA, cursos de Pós-Graduação e Mestrado, além de outros cursos técnicos. Para isto é importante que este primeiro dê certo, que tenha 30 participantes, que não haja evasão, porque, só assim conseguiremos atender mais pessoas e ampliar as vagas.”, comentou Christiano Nascif, superintente do Senar Minas.

Ainda segundo Nascif é preciso ressaltar que se hoje o Agro é pop, tech, é tudo, responsável por 30% do PIB nacional e toda riqueza gerada no Brasil, muito se deve ao trabalho dos Sindicatos Rurais, que estão ligados às Federações (que mantém o Senar) e também à CNA.

“Se o agro gera riqueza, empregos, impostos e renda, isso nasce da tecnologia e do conhecimento e o Senar é fundamental para isso, afinal é a Escola da Terra. É ele que capacita o produtor e seus funcionários para fazer o agronegócio que conhecemos hoje: moderno, pujante, rentável e produtivo.”, ressalta Nascif.

Para o vice-presidente do Sindicato Rural de Uberaba, Gilberto Dias a proposta agrega ainda mais qualidade aos serviços e benefícios que já são oferecidos pelo SRU, entidade cooperada ao Senar em Uberaba.

“É preciso valorizar as atuações políticas e de representatividade do Sistema Sindical Rural. O SRU é uma das entidades que mais promove cursos de Formação Profissional Rural e Promoção Social do Senar em nossa região e nos orgulhamos disso. Agora conseguiremos formar Técnicos em Agronegócio e assim, levar mais preparo na gestão das propriedades rurais para produtores e seus sucessores, trabalhadores das fazendas e para quem busca oportunidade de trabalho no campo.”, disse Gilberto.

Os Polos

O Sindicato Rural de Uberaba ficará responsável pela parte administrativa, enquanto a Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), que já tem toda infraestrutura (com sala, biblioteca, laboratórios, coordenadoria, dentre outros) irá receber os alunos para o desenvolvimento de atividades teóricas e práticas.

“A Fazu participa com esse projeto com muito orgulho, sempre valorizando a educação continuada. Esses cursos oferecidos pelo Sistema FAEMG/Senar são fundamentais, porque incentiva a conclusão do ensino médio, e com esta parceria acreditamos que teremos outros desdobramentos”, comentou Carlos Henrique Cavallari Machado, que é Diretor Acadêmico da Fazu.

Inscrições e Informações

Como o curso é de nível técnico, os interessados devem ficar atentos, já que é preciso ter o certificado de ensino médio completo, mesmo para quem já tem ensino superior.

Dúvidas e outras informações estão no edital, que podem ser encontradas e devem ser lidas com atenção em http://etec.senar.org.br/.

O curso Técnico em Agronegócio tem carga horária de 1.230 horas e está dividido da seguinte forma: 80% é feito a distância e 20% com aulas presenciais.

Ainda dá tempo de se inscrever, pois, as inscrições vão até o dia 14 de fevereiro pelo site senar.org.br/etec. As aulas começarão em 16 de março de 2019.

Caso ainda haja dúvida, entre em contato pelo 0800 642 0999.

Fonte: Viviane Santana | Assessoria de Comunicação SRU

Deixe uma resposta