fbpx

Notícias

Setor de Viveiro de Mudas e de Suinocultura da Fazu recebem Projeto Integrador

//
Comentário0
/

Os acadêmicos do 2º período de Zootecnia e Agronomia da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) conheceram na última semana os novos setores trabalhados no Projeto Integrador, a Suinocultura e o Viveiro de Mudas. No semestre passado, quando foi implantado o Projeto Integrador, os alunos desenvolveram atividades referentes ao projeto nos setores de Equidiocultura e Horticultura.

De acordo com a professora responsável pelo setor de Viveiro de Mudas, Márcia Borges, a primeira aula do Projeto Integrador teve o objetivo de despertar o interesse dos alunos pela natureza e conservação da espécie, com coleta de sementes de árvores nativas e exóticas. “Demos uma volta pelo campus e aproveitando os exemplares que estavam sementeando, fizemos a coleta e identificação, posteriormente. Tais sementes coletadas serão base para futuras práticas de técnicas de produção de mudas no viveiro. Foi uma prática muito produtiva, pois além de despertar um interesse diferente é ambientalmente correto para esses futuros Agrônomos. Foi possível estreitar o relacionamento com os alunos, podendo conhecer a aptidão de cada um deles mais de perto”, ressalta Márcia.

Na mesma semana, os alunos do curso de Zootecnia conheceram o setor de Suinocultura, coordenado pelo professor Evandro Rigo. Para o desenvolvimento do setor, foram adquiridas cinco matrizes e um cachaço para a renovação genética do plantel.

Sobre o Projeto Integrador

O projeto integrador tem como objetivo integralizar as disciplinas cursadas pelos alunos no primeiro período com práticas, ou seja, transformar os conhecimentos teóricos em atividades práticas. os acadêmicos terão contato com os diferentes setores agropecuários da Fazenda Escola. Durante o semestre, as disciplinas Biologia, Química, Matemática, Ecologia, Introdução a Zootecnia e Metodologia Científica irão trabalhar as informações coletadas pelos alunos, relacionando a importância dos respectivos conteúdos básicos às aplicações práticas na profissão.

Clique aqui e saiba mais sobre o Projeto Integrador.

“Vivenciar problemas, compreender a importância dos métodos de trabalho e das informações a serem colhidas no exercício das atividades práticas orientadas, certamente será um diferencial aos alunos da Fazu, motivando-os desde o início do curso a compreenderem que a formação das habilidades e competências profissionais depende do conhecimento multidisciplinar adquirido por meio de ações inter e transdisciplinares”, explica o professor Alexandre Bizinoto.

Agronomia

Zootecnia

Deixe uma resposta