fbpx

Notícias

Projeto CRS: acadêmicos da Fazu desenvolvem cerca de 60 projetos de responsabilidade socioambiental

//
Comentário1
/
Categorias
Durante o primeiro semestre de 2019, acadêmicos dos cursos de Agronegócio, Agronomia e Zootecnia da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) desenvolveram cerca de 60 projetos de responsabilidade socioambiental. Cerca de 600 alunos estiveram envolvidos nas ações que beneficiaram inúmeras instituições, bairros e pessoas de Uberaba (MG) e região. As atividades aconteceram por meio do Projeto CRS (Carreira, Responsabilidade e Sustentabilidade), sob orientação da professora Débora Costa Pinheiro.

Com o objetivo de formar profissionais tecnicamente competentes, éticos e comprometidos com a sustentabilidade social, econômica e ambiental e com alta capacidade de liderança para o desenvolvimento do agronegócio nacional e internacional, a Fazu incentiva os alunos a participarem de ações de responsabilidade social e sustentabilidade junto à comunidade.

As instituições: Casa do Menino, Fundaesp, Associação de Amparo ao Idoso Flor da Idade, Abrigo dos Anjos, Lar de Idosos, Casa de Apoio Danielle, Hospital da Criança em Uberaba, Asilo São Vicente de Paula, Hemocentro Regional de Uberaba, APAE Uberaba, Casa de Acolhimento São Pio, Lar Espírita André Luiz, Casa da Renovação, Lar da Criança, AME (Associação Mineira de Equoterapia), Sanatório Espírita de Uberaba, Assentamento Irmã Dorothy (Veríssimo/MG), APAE Miguelópolis/SP, Horta Municipal de Igarapava/SP, recebem projetos dos alunos participantes do CRS.

Além das instituições assistenciais, escolas particulares, estaduais, municipais, centros de ensino, espaços públicos (rotatórios, praças e áreas verdes), de Uberaba e cidades da região como Veríssimo, Campo Florido, Conceição das Alagoas, Sacramento, Santa Juliana, Conquista e Igarapava receberam ações dos alunos. Osbairros Conjunto Alfredo Freire, Jardim Belo Horizonte, Parque São Geraldo, Planalto, Mercês, Estados Unidos, Estrela da Vitória e as fazendas São Sebastião, município de Campo Florido (MG), e Querência, município de Uberaba (MG) foram beneficiados com os projetos.

Os alunos revitalizaram hortas, jardins, terrenos, realizaram o plantio de mudas de plantas nativas para arborização de bairros, além de arrecadarem roupas, rações, alimentos e produtos de limpeza. Os acadêmicos também contribuíram com eventos. “Com o projeto CRS buscamos desenvolver a capacidade do comportamento ético e comprometido com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Formando profissionais com excelente nível técnico e humanísticos, ambientais e com históricos-sociais necessários aos conhecimentos de interpretação e intervenção na realidade regional e local. E os resultados podem ser mensurados com as imagens que recebemos dos alunos com os sorridos doados, os abraços, a aprendizagem simples de onde nasce um pé de alface essas foram algumas das ações realizadas pelos alunos. Todos nós sabemos que por meio de pequenos gestos transformamos uma nação”, destaca a professora Débora Costa.

1 Resposta

Deixe uma resposta