Fazu News

Saiba o que acontece na Fazu

Professor da Fazu visita projetos de pecuária de corte e de leite em cinco municípios de Minas Gerais

//
Postado por
/
Comentário0
/
Categorias,

Com o objetivo de levar conhecimento técnico e econômico na área da pecuária, o professor da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), Adilson de Paula Almeida Aguiar, esteve entre os dias 08 e 11 de março, junto com seu colega de profissão o zootecnista Lucas Castro Silva, egresso do curso de Zootecnia da Fazu, visitando projetos de pecuária de corte e de leite nos municípios de Cedro do Abaeté, Luz, Tupaciguara, Uberlândia e Monte Alegre de Minas, cidades do Estado de Minas Gerais.

Fazenda Centenária

Segundo informações do prof. Adilson Aguiar, no dia 08 de março ele e Lucas visitaram a Fazenda Centenária, em Cedro do Abaeté/MG, propriedade da família de Luís Augusto Dumont, gestor deste projeto. “A Centenária é uma propriedade de bovinos de corte que desenvolve o ciclo completo: cria, recria e engorda, de animais da raça Nelore e que vem adotando todas as tecnologias disponíveis para a intensificação da pecuária, sendo o estabelecimento de novas pastagens, controle de plantas invasoras e de insetos pragas, correção e adubação do solo, pastoreio rotacionado, calendário sanitário, suplementação programada, programa de melhoramento genético, IATF, dentre outras ações”, afirma o professor.

Adilson Aguiar acompanha este projeto desde 2007 com duas visitas por ano. Nesta visita específica o professor Adilson foi avaliar os plantios de novas pastagens, o programa de correção e adubação de solo para intensificação da produtividade de pastagens já implantadas, como também o programa de controle de plantas invasoras, da safra 2016/2017, e fechar os indicadores zootécnicos do ano 2016. Esta visita também teve como objetivo o planejamento da safra 2017/2018.

 Fazenda Canoas

O professor Adilson Aguiar conta que no dia 09 de março ele e Lucas visitaram a Fazenda Canoas, em Luz, onde o senhor Geraldo Pinto Fiuza e sua esposa Dona Amélia Lino Araújo, e dois de seus filhos, a Médica Veterinária Tânia Fiuza, e o Engenheiro Agrônomo Márcio Fiuza, selecionam Gir Leiteiro e produzem animais ½ sangue Girolando desde a década de setenta. Os animais da Fazenda Canoas são vendidos para todo o país e a partir de 2017 a Fazenda vai fazer parte de um programa de exportação de animais Girolando da Associação de Criadores desta raça. Atualmente a Canoas tem um rebanho constituído por 1.200 fêmeas da raça Gir em reprodução e faz uso de todas as tecnologias de reprodução atualmente existentes para a expansão do rebanho com animais de alto mérito genético”, conta Aguiar.

O rebanho total atual está em 2.100 cabeças em uma área de 1.000 hectares úteis. O professor Adilson está acompanhando este projeto desde o início de 2014 com duas visitas por ano. O mais interessante nesta família é que todos residem na fazenda, o que é raro no Brasil, mas é o comum em países desenvolvidos (EUA, Canadá, Europa, Nova Zelândia, Austrália, etc).

Nesta visita específica o professor Adilson foi avaliar os plantios de novas pastagens e de sorgo para a produção de silagem, o programa de correção e adubação de solo para intensificação da produtividade de pastagens já implantadas, o programa de controle de plantas invasoras, da safra 2016/2017, o planejamento alimentar para a seca deste ano e o programa de suplementação das categorias de recria. Esta visita também teve como objetivo o planejamento da safra 2017/2018.

 Fazenda Córrego do Ouro

No dia 10 de março, o professor Adilson visitou pela primeira vez uma das fazendas de Sylvio Do Vale Ferreira, no município de Tupaciguara, a Fazenda Córrego do Ouro, para validar o diagnóstico que o colega Lucas Castro tinha feito no dia 26/12/2016 e depois apresentado por ele mesmo para os proprietários no dia 11/01/2017. Na visita do dia 26/12 Lucas fez o inventário dos recursos da propriedade com base no qual ele elaborou o diagnóstico que foi apresentado no dia 11/01/2017 com a situação atual (na data do inventário) e a potencial daquele projeto.

Até o dia 10/03/2017 o professor Adilson só conhecia o projeto através da leitura do diagnóstico e foi conhecer os proprietários e a propriedade somente nesta data. O projeto é administrado por Sylvio, que é Engenheiro Civil, e seu filho Rafael Jorge Ferreira, Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). A fazenda visitada desenvolve a atividade de recria e engorda de bovinos de corte, mas a principal atividade é a recria para a terminação de animais em confinamento em outra fazenda da família com capacidade estática para 3.000 animais.

“A propriedade visitada possui um área total de 545 hectares (ha) sendo 421,7 ha úteis. O projeto vem sendo intensificado há três safras, desde a de 2014/2015 e parte da área de pastagens da propriedade já é explorada com taxa de lotação média de 5 unidades animais/ha durante o período chuvoso”, explica o professor.

No dia da visita do colega Lucas, para o inventário dos recursos, nos 4.217 ha úteis pastejavam 1.597 animais com taxa de lotação média de 3.5 cabeças/ha e 2.21 UA/ha. Entretanto o potencial predito no diagnóstico é de alcançar taxas de lotação pelo menos três vezes maior que a atual em toda a propriedade durante o período chuvoso e esta é a meta dos proprietários.

 Família Soave

Adilson e Lucas estiveram no dia 11 de março visitando duas propriedades de pecuária leiteira, uma no município de Monte Alegre de Minas e outra no município de Uberlândia. As propriedades são da família Soave, uma família de Campinas, São Paulo. O professor Adilson acompanha este projeto desde 2012 e é responsável pela orientação geral do projeto desde o seu início, mesmo antes da compra da propriedade. No início do projeto o prof. Adilson teve como parceiro outro egresso da Fazu, o zootecnista Mateus Contatto Caseta.

“Neste projeto a raça selecionada para a produção de leite é a raça Jersey com a finalidade de produzir leite com altos teores de sólidos por vaca e por hectare. O sistema adotado é o de produção de leite em pastagens intensivas sem irrigar (para a fase de recria e vacas secas) e irrigadas por pivô central (para vacas em lactação e vacas secas) suplementando o rebanho apenas com suplementos concentrados. Apesar de ser um projeto relativamente recente (a primeira ordenha foi feita no dia 17/11/2015) já apresenta indicadores técnicos de alta eficiência, como produtividade por vaca (12,1 litros/vaca/dia no dia da visita, vacas pesando em média 400 kg), volume diário (3.631 litros), qualidade do leite (4.2% de gordura, 3,54% de proteína, 13.36% de sólidos totais, 153 mil de CCS, 4 mil de CBT e NUL de 10.6 mg/dL), produtividade de leite por funcionário (908 litros de leite/funcionário/dia) e modelo de gestão (Planner do MDA Gestão de Explorações Leiteiras, da Clínica do Leite da ESALQ/USP, de Piracicaba)”, ressalta.

O prof. Adilson e seus parceiros orientaram a compra das propriedades, das instalações, benfeitorias e edificações, a escolha do sistema de produção, da raça e das espécies forrageiras. Além da atividade leiteira, os Soave investem nas atividades de produção de carnes de frango e suíno em sistema de integração, as quais estão também integradas com o sistema de produção de leite que usa o dejeto líquido de suínos e o esterco de aves. “Os objetivos desta visita foram: acompanhamento na implantação e na condução do projeto de produção de leite em pastagens intensivas, irrigadas e sequeiro e responder dúvidas dos proprietários e de integrantes da equipe. A próxima visita está agendada para a segunda semana de junho de 2017. Neste ano foram programadas quatro visitas”, informa Adilson.

Em todos os projetos visitados, o professor Adilson orienta os programas de manejo da pastagem, sendo na escolha de espécies forrageiras; implantação, renovação e recuperação de pastagens; controle de plantas invasoras e de insetos pragas; correção e adubação do solo; manejo do pastejo e de suplementação do rebanho, sendo o mineral, múltipla, concentrada, volumosos, além de contribuir com outros consultores nos programas de melhoramento genético, na indicações de programas, de touros, de sanidade, no calendário de vacinação e de vermifugação, e de gestão da atividade, no recursos humanos, controle de custos e receitas, indicadores econômicos e projetos de expansão.

 

Deixe uma resposta

situs togel toto macau terpercaya situs togel online toto macau terpercaya situs togel online terpercaya situs togel online terpercaya situs togel online toto macau terpercaya bandar togel online terpercaya Situs togel Online Terpercaya Toto Macau situs togel online toto macau terpercaya togel macau toto macau Situs togel online terpercaya situs togel online terpercaya situs togel online toto macau Situs togel online terpercaya TOTO MACAU situs togel online terpercaya situs togel online terpercaya judi slot deposit pulsa togel Online Slot terpercaya bandar togel terpercaya Situs Judi Slot Online Terpercaya judi slot online deposit pulsa situs judi togel online situs togel online terpercaya bandar togel online terpercaya bandar togel terpercaya situs togel online terpercaya bandar togel terpercaya situs togel online agen slot online terpercaya Judi slot online terpercaya Situs togel terpercaya situs togel online terpercaya bandar togel singapore SGP terpercaya situs judi slot gacor terpercaya Situs togel online terpercaya situs togel online toto macau terpercaya bandar togel terpercaya situs judi slot gacor bandar togel online terpercaya situs togel macau terpercaya situs togel terpercaya Bandar togel Online terpercaya Bandar togel Online terpercaya