fbpx

Notícias

Professor da Fazu orienta projetos de quatro propriedades de gado de corte

//
Comentário0
/
Categorias

O professor da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), Adilson de Paula Almeida Aguiar, esteve, entre os dias 11 e 14 de abril, trabalhando no estado de Minas Gerais nos municípios de Arinos e Unaí, em quatro propriedades de pecuária de corte.

De acordo com o professor, os trabalhos foram executados nas Fazendas São José e São Francisco, que pertencem a um grupo familiar; a Fazenda Jardim, pertencente a uma pessoa física, e a Fazenda Boa Esperança, também pertencente a um grupo familiar. “As fazendas São Francisco e Jardim exploram a fase de recria de machos e fêmeas para engorda, enquanto a Fazenda São José explora a fase de engorda em pasto e em confinamento, com capacidade estática para 4.000 animais; e a Fazenda Boa Esperança explora a fase de recria em pasto e engorda em confinamento com capacidade estática para 1.000 animais. A principal atividade da Fazenda São José é a agricultura, o que permite o desenvolvimento de um sistema de integração lavoura/pecuária”, comenta Aguiar.

O professor Adilson iniciou o trabalho de consultoria técnica e econômica para este grupo de pecuaristas em fevereiro deste ano com uma reunião em Uberaba/MG, e de 11 a 14 de abril foi o trabalho de campo com o objetivo de inventariar os recursos daquelas fazendas e com base no inventário emitir um diagnóstico da situação atual e da potencial e apresentar uma proposta de projeto para a execução.

“Todos os pecuaristas proprietários destas fazendas têm como objetivo intensificar a produção e a produtividade da pecuária para aumentar a rentabilidade da atividade e ser esta competitiva com a agricultura”, ressalta o professor Adilson.

Neste trabalho, o professor Adilson esteve acompanhado pelos proprietários, seus gerentes de pecuária, técnicos da região de revendas de insumos agropecuários, e pelo engenheiro agrônomo Demetrius Mesquita, egresso do curso de Agronomia da Fazu, graduado em 1996. Durante a sua graduação, Demetrius foi monitor das disciplinas Forragicultura e Pastagens e Plantas Forrageiras, ministradas pelo professor Adilson desde 1991.

Também fez estágios em várias fazendas assistidas pelo professor Adilson e logo após a sua graduação ainda trabalhou com o professor por alguns anos. Segundo o professor Adilson, em 27 anos ministrando aulas no curso de Agronomia da FAZU, Demetrius foi um dos poucos alunos da Agronomia que se interessou pela pecuária e pela ciência pastagens. Atualmente, Demetrius é responsável pelo projeto de pecuária das fazendas da família onde seleciona Gir Leiteiro e Mangalarga Marchador e gado de corte.

Deixe uma resposta