fbpx

Notícias

Professor da Fazu orienta projeto de pecuária de corte e ministra palestra no Zootec

//
Comentário0
/

O professor da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), Adilson de Paula Almeida Aguiar, de 12 a 14 de agosto trabalhou em projeto de pecuária de corte no estado de Goiás e ministrou palestra no Congresso Brasileiro de Zootecnia (Zootec 2019), em Uberaba (MG).

Galvão Agropecuária

O professor Adilson Aguiar trabalhou pela terceira vez em 2019 no projeto da Fazenda Santo Antônio do Sapecado de propriedade da Galvão Agropecuária, de Luiz Régis Galvão Filho. A fazenda está localizada no estado do Goiás, no município de Caldas Novas. O professor Adilson iniciou o trabalho neste projeto em junho de 2011 quando fez o inventário dos recursos da propriedade: clima, solos, pastagens, rebanho, benfeitorias e edificações, máquinas, implementos, veículos, capital, os objetivos e as metas do proprietário etc.

Posteriormente, o professor Adilson indicou o colega Mateus Contatto para fazer o acompanhamento da execução do projeto por meio de visitas de rotinas desde 2012, enquanto o professor Adilson fazia visitas esporádicas. O colega Mateus é egresso do curso de Zootecnia da Fazu, graduado em 2009, especialista em Gestão do Agronegócio, professor nos cursos de pós-graduação da Fazu de Manejo da Pastagem e Nutrição e Alimentação e consultor da Contatto Consultoria.

A partir de janeiro de 2018 o professor Adilson voltou a assumir o trabalho de visitas de rotina. No dia 13 de agosto o rebanho estava composto por 1.456 cabeças nas fases de cria, recria e engorda (atividade de ciclo completo), e destas 763 cabeças são de fêmeas em idade reprodutiva. Na fazenda estavam pastejando em 332 hectares, 386 cabeças, com taxa de lotação de 1,14 cabeça/ha e 1.12 UA/ha, mais 886 animais estavam confinados e o restante estava em pastagens alugadas em áreas vizinhas que retornarão para a fazenda no final de agosto. No trabalho de maio a taxa de lotação estava com 2.4 cabeças/ha e 1.8 UA/ha, enquanto no trabalho de fevereiro a taxa de lotação estava em 3.0 cabeças/ha e 2.0 UA/ha.

“A meta é alcançar um rebanho de 2.000 cabeças média ano. Para alcançar esta meta a propriedade foi toda modulada em 87 piquetes com área média de 4 hectares cada um; o programa de correção e adubação do solo para a intensificação teve início na safra 2018:2019; um confinamento para 1.000 cabeças estáticas foi construído com plano de expansão que está sendo concluído até o final de agosto para 2.400 animais estáticos; 86 hectares serão cultivados para a produção de silagem. O principal objetivo do proprietário é conduzir um projeto para produção de carnes especiais de animais cruzados Angus/Nelore”, finaliza Aguiar.

Zootec 2019

O professor Adilson Aguiar ministrou palestra no dia 14 de agosto no 29º Congresso Brasileiro de Zootecnia, que foi realizado no Centro de Eventos Rômulo Kardec de Camargos, no Parque Fernando Costa/ABCZ, em Uberaba (MG) entre 13 e 16 de agosto e reuniu mais de 1300 pessoas. A palestra “Avanços tecnológicos na área de produção de bovinos de corte a pasto” foi apresentada pelo professor Esp. Adilson de Paula Almeida Aguiar e integrou o painel de Nutrição Animal. Após a palestra, o professor Adilson Aguiar participou de uma mesa redonda com outros participantes do painel.

Deixe uma resposta