Notícias

Professor da Fazu ministra palestra no 8º Workshop CTC de Pecuária e visita projeto da Fazenda Santo Antônio do Sapecado

//
Comentário0
/

O professor da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), Adilson de Paula Almeida Aguiar, trabalhou nos dias 5 e 10 de novembro no estado de Goiás ministrando palestras e assessorando um cliente em fazenda de pecuária de corte. Entre os dias 5 e 9 de novembro o professor Adilson participou como palestrante do 8º Workshop CTC de Pecuária realizado pela COMIGO. Ainda participaram deste evento como palestrante os doutores Dieimisson Paulo Almeida e Ubirajara Oliveira Bilego, ambos da equipe de pesquisadores do CTC da Comigo; a Doutora Darliane de Castro Santos e o Doutor Eduardo da Costa Severiano, ambos do Instituto Federal Goiano.

“A 8ª edição do Workshop de Pecuária foi levada para a região do sudoeste goiano, às cidades de Caiapônia, Jatai, Caçu e Rio Verde, nos dias 6, 7, 8 e 9 de novembro, respectivamente. As palestras foram assistidas por um público de 849 participantes inscritos: 160 em Caiapônia, 216 em Jatai, 116 em Caçu e 357 em Rio Verde, na maioria pecuaristas (produtores de carne e leite), além de professores, pesquisadores e estudantes de cursos de ciências agrárias”, destaca.

O 8º Workshop CTC de Pecuária foi coordenado pelo Médico Veterinário, Doutor e pesquisador do CTC, Ubirajara Oliveira Bilego e promovido pelo Centro de Treinamento da COMIGO (CTC), que fica em Rio Verde. O CTC tem uma área de 146 hectares, dos quais 60 ha são destinados à realização anual do evento TECNOSHOW COMIGO e os 86 ha restantes para pesquisa, sendo 30 ha para pesquisa em pecuária e 56 ha para pesquisa em agricultura.

A equipe de pesquisadores do CTC é composta por cinco doutores, nas seguintes áreas: fertilidade de solo, professor Doutor Antônio Eduardo Furtini Neto; plantas daninhas, Doutor Dieimisson Paulo Almeida; fitopatologia, Doutor Rafael Henrique Fernandes; entomologia, Doutor Diego Tolentino de Lima e em ciência animal, Doutor Ubirajara Oliveira Bilego. Esta equipe é coordenada pelo professor Doutor Antônio Eduardo Furtini Neto, professor aposentado da Universidade Federal de Lavras.

O professor Adilson ministrou a palestra com o tema “Manejo da pastagem para uma pecuária intensiva”. No evento em Jataí o professor Adilson se encontrou com dois egressos da Fazu, Rafael Carvalho Miranda Martins e Joaquim Oliveira de Toledo Ribas. Rafael Martins graduou-se em Zootecnia em 1998. Quando aluno foi monitor das disciplinas ministradas pelo professor Adilson, e também estagiou com o professor viajando por vários estados no trabalho de consultoria. Trabalhou como consultor em pastagens e nutrição de ruminantes entre 1998 e 2002 e a partir de 2002 tornou-se diretor técnico da empresa Paraíso Nutrição Animal, sediada em Jataí, Goiás atendendo clientes em 10 estados brasileiros. Joaquim Ribas graduou-se em Agronomia em 2011 e nos primeiros sete anos trabalhou com produção de sementes de soja e atualmente é gerente da empresa Agrofava Sementes, no sudoeste goiano, e agora está empreendendo um negócio próprio para a produção de mudas de cana-de-açúcar, o primeiro viveiro da região, com capacidade de produzir 4 milhões de mudas por ano.

Entre os dias 28 e 31 de agosto passado o prof. Adilson participou como palestrante do 17º Workshop CTC de Agricultura nas cidades de Montes Claros, Paraúna e Rio Verde, com o tema “Formação de pastagens em sistemas de integração lavoura/pecuária”.

Fazenda Santo Antônio do Sapecado

O professor Adilson Aguiar trabalhou nos dias 9 e 10 de novembro no estado do Goiás, no município de Caldas Novas, na Fazenda Santo Antônio do Sapecado, propriedade da Galvão Agropecuária, de Luiz Régis Galvão Filho, para o trabalho de rotina no acompanhamento do projeto que teve início sob a orientação do professor Adilson em junho de 2011 quando ele fez o inventário dos recursos da propriedade: clima, solos, pastagens, rebanho, benfeitorias e edificações, máquinas, implementos, veículos, capital, os objetivos e as metas do proprietário.

Posteriormente, o professor Adilson Aguiar indicou o colega Mateus Contatto para fazer o acompanhamento da execução do projeto por meio de visitas de rotinas desde 2012, enquanto o professor Adilson faz visitas esporádicas. O colega Mateus é egresso do curso de Zootecnia da Fazu, graduado em 2009, especialista em Gestão do Agronegócio, professor nos cursos de pós-graduação da Fazu de Manejo da Pastagem e Nutrição e Alimentação e consultor da Contatto Consultoria.

“O rebanho atual estava composto por 1.197 cabeças nas fases de cria, recria e engorda (atividade de ciclo completo). Na fazenda estavam pastejando em 348 hectares 687 cabeças, com taxa de lotação de 1,97 cabeça/ha e 1.22 UA/ha e mais 199 animais confinados. O restante estava em pastagens alugadas. A meta é o rebanho alcançar 2.000 cabeças média ano (na próxima estação chuvosa de 2018:2019 alcançará 1.238 cabeças). Para alcançar esta meta a propriedade foi toda modulada em 87 piquetes com área média de 4 hectares cada um; o programa de correção e adubação do solo para a intensificação teve início este ano; um confinamento para 1.000 cabeças estáticas foi construído com plano de expansão e 86 hectares serão cultivados para a produção de silagem”, afirma o professor.

O principal objetivo do proprietário é conduzir um projeto para produção de carnes especiais de animais cruzados Angus/Nelore.

Deixe uma resposta