fbpx

Notícias

Professor da Fazu ministra palestra e leva conhecimento técnico no Mato Grosso do Sul

//
Comentário0
/
Categorias,

O professor da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), Adilson de Paula Almeida Aguiar, esteve entre os dias 09 e 13 de março no estado Mato Grosso do Sul para levar conhecimentos técnicos e econômicos a Fazendas e para ministrar palestra no 8º Seminário Técnico do Novilho Precoce.

De acordo com o professor Adilson, nos dias 09 a 11 ele esteve visitando a Fazenda Sant`anna do Apa, do Grupo Jaguari, para o qual o professor leva conhecimento desde 2000 em propriedades no Estado de São Paulo/SP. “Na Sant`anna do Apa eu comecei a acompanhar o projeto em 2012. Esta propriedade está localizada no município de Bela Vista, na divisa com o Paraguai. Possui uma área total de 3.778 hectares (ha) sendo 2.400 de área útil e o restante é destinado às áreas de preservação ambiental. A atividade desenvolvida neste projeto é o melhoramento genético da raça Nelore, com um rebanho de 2.000 matrizes, para a venda de touros melhoradores, e de bezerros que não são aprovados na seleção para futuros touros”, explica o professor Adilson.

Segundo o professor, o projeto é gerenciado pelo técnico agrícola formado na Escola Agrotécnica de Uberaba, Luiz Borges, com o suporte da Zootecnista Claudia Verônica, egressa da Fazu, na gestão econômica e financeira. O professor Adilson visita este projeto duas vezes ao ano, nas entradas dos períodos seco e chuvoso do ano para orientar os programas de manejo das pastagens, suplementação do rebanho, e análise econômica dos resultados do projeto com simulações de sistemas de produção mais rentáveis.

Nos dias 12 e 13 o professor Adilson Aguiar participou do 8º Seminário Técnico do Novilho Precoce do MS, na cidade de Bonito, onde ministrou a palestra “Bases técnicas e econômicas para a produção de novilho precoce em pasto” para um público de quase 200 participantes associados, que têm propriedades espalhadas por todo o estado.

“Atualmente a associação congrega mais de 360 associados que no ano de 2015 comercializaram quase 180 mil animais dentro do programa do novilho precoce do governo do estado do MS, pelo qual o produtor associados tem desconto no imposto que varia entre 67%, para animais “dente de leite”, 50% para animais com até dois dentes, e 33% para animais com dois a quatro dentes. A associação está completando 18 anos e o programa 24 anos”, finaliza Adilson Aguiar.

 

Deixe uma resposta