Fazu News

Saiba o que acontece na Fazu

Professor da Fazu inicia orientação de projeto da Fazenda Mater Dei e realiza visita de rotina da Fazenda Frei Galvão

//
Postado por
/
Comentário0
/
Categorias

O professor da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), Adilson de Paula Almeida Aguiar, esteve entre os dias 19 e 22 de nos estados de Minas Gerais e Goiás atendendo pecuaristas de gado de corte.

Fazenda Mater Dei

Nos dias 19 e 20 de fevereiro o professor Adilson Aguiar trabalhou pela primeira vez na Fazenda Mater Dei, no município de Buritis, região Noroeste do estado de Minas Gerais.

O professor Adilson executou a primeira etapa do programa de consultoria que a sua empresa particular de consultoria, a CONSUPEC, oferece para seus clientes. Esta etapa é a etapa de inventário de recursos com base no qual o professor emitirá um diagnóstico da situação atual e do potencial daquele projeto.

No inventário são levantados dados e informações sobre os recursos clima, solo, pastagens, benfeitorias e edificações, rebanho, equipe de funcionários, mercado local, objetivos e metas etc.

Atualmente, a Fazenda Mater Dei tem dois núcleos de melhoramento genético, um da raça de bovinos Angus e outro da raça de equinos Crioulo.

No plano de negócios os proprietários têm o objetivo de além de manter estes dois núcleos de melhoramento genético, expandir um rebanho de cria para a produção e venda de bezerros meio sangue Angus/Nelore.

O professor Adilson foi contratado para orientar todo o programa de produção animal em pasto com ênfase na produção em pastagens altamente intensificadas por meio de correção, adubação e irrigação do solo, pois a fazenda tem muitos recursos hídricos para irrigação.

A área total da fazenda é de 590 hectares dos quais 450 hectares são uteis onde no dia do trabalho do professor pastejavam 800 animais. No novo plano de negócio o rebanho será de 5.000 animais. Esta é a meta.

Fazenda Frei Galvão

Nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro o professor Adilson Aguiar trabalhou pela primeira vez em 2020 no projeto da Fazenda Frei Galvão, de propriedade da Galvão Agropecuária, de Luiz Régis Galvão Filho. A fazenda está localizada no estado do Goiás, no município de Caldas Novas. O professor Adilson iniciou o trabalho neste projeto em junho de 2011 quando fez o inventário dos recursos da propriedade: clima, solos, pastagens, rebanho, benfeitorias e edificações, máquinas, implementos, veículos, capital, os objetivos e as metas do proprietário etc.

Posteriormente, o professor Adilson indicou o colega Mateus Contatto para fazer o acompanhamento da execução do projeto por meio de visitas de rotinas desde 2012, enquanto o professor Adilson fazia visitas esporádicas. O colega Mateus é egresso do curso de Zootecnia da Fazu, graduado em 2009, especialista em Gestão do Agronegócio, e foi professor nos cursos de pós-graduação da Fazu de Manejo da Pastagem e Nutrição e Alimentação e consultor da Contatto Consultoria.

A partir de janeiro de 2018 o professor Adilson voltou a assumir o trabalho de visitas de rotina. No dia 21 de fevereiro o rebanho estava composto por 2.452 cabeças nas fases de cria, recria e engorda (atividade de ciclo completo), e destas 1.155 cabeças são de fêmeas em idade reprodutiva. Na fazenda estavam pastejando em 368 hectares, 1.145 cabeças, com taxa de lotação de 3,1 cabeças/ha e 2.0 UA/ha, mais 526 animais estavam confinados e o restante estava em pastagens arrendadas em áreas vizinhas que retornarão para a fazenda no período chuvoso.

Para o período chuvoso 2019/2020 (de novembro a maio) a taxa de lotação média nas pastagens será de 4.3 cabeças/ha correspondendo a 3.21 UA/ha. “A meta é alcançar um rebanho de 2.000 cabeças média ano. Para alcançar esta meta a propriedade foi toda modulada em 87 piquetes com área média de 4 hectares cada um; o programa de correção e adubação do solo para a intensificação teve início na safra 2018/2019; um confinamento para 2.400 animais estáticos foi construído e 86 hectares serão cultivados para a produção de silagem de capim-mombaça”, comenta Aguiar.

O principal objetivo do proprietário é conduzir um projeto para produção de carnes especiais de animais cruzados Angus/Nelore com marca própria, a Galvão Beef.

 

Deixe uma resposta