fbpx

Notícias

Professor da Fazu acompanha projeto pecuário no Mato Grosso

//
Comentário0
/
Categorias,

O professor da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), Juliano Ricardo Resende, iniciou o acompanhamento de mais um projeto pecuário, desta vez em Araguaiana/MT. A Fazenda Jacarandá possui 3.287 formados de capim-braquiarão, capim-tifton 85 e capim-mombaça. Com rebanho atual de 6.473 cabeças, o desafio é aumentar para 13.500 cabeças até o final de 2017.

Segundo dados do professor, os animais são mantidos em pasto durante a recria e terminados em confinamento. “A fazenda tem capacidade de confinar 9.000 bois estáticos. A meta de desempenho na pastagem é acima de 0,7 kg/cab/dia, entrando com 210 kg de peso vivo e saindo com no mínimo 360 kg de peso vivo indo para o confinamento”, conta.

Nessa primeira visita, o professor Juliano levantou dados para elaboração do diagnóstico, processo padrão de trabalho em novos projetos. O primeiro passo foi a sugestão de adubar, ainda em março, 500 ha para estender a produção de forragem na seca e reduzir a necessidade de suplementação volumosa (silagem de capim e milho) nos meses de seca.

“A fazenda produziu silagem de sorgo a R$ 330,00/ton de matéria seca. A adubação sugerida irá produzir 2.000 toneladas de matéria seca a um custo de R$ 100,00/ton. É muito importante explorar o potencial das pastagens com um bom programa de correção e adubação do solo, construir fertilidade e proporcionar volume de raiz e condições para otimizar o crescimento das pastagens mesmo no período seco do ano”, explica o professor Juliano.

 

Deixe uma resposta