fbpx

Notícias

Interessados em participar do Desafio de Startups do Ideas for Milk terão mais uma semana para inscrever projetos

//
Comentário0
/
Categorias,
A Embrapa Gado de Leite prorrogou em uma semana o período de inscrição para o maior desafio de startup da pecuária de leite nacional. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas até o dia 27 de outubro pelo site http://www.ideasformilk.com.br, onde os interessados encontram as informações necessária para participar do desafio. As melhores ideias, recebidas de todas as regiões do Brasil, serão avaliadas e selecionadas. Os vencedores serão conhecidos no dia oito de novembro e a grande final ocorrerá em São Paulo, no Cubo, espaço de empreendedorismo do Banco Itaú, no dia 22 de novembro.
A edição 2019 do Ideas for Milk ampliou as possibilidades de projetos que podem concorrer ao Desafio, não se limitando apenas às soluções digitais. Segundo o pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Wagner Arbex, os desafios do setor são muitos e a Embrapa quer abrir oportunidades para novos empreendedores. “As ideias que envolvem tecnologias digitais ainda são o ‘carro-chefe’ do evento, mas o agronegócio do leite aguarda soluções relacionadas a designer industrial, embalagens, equipamentos, aproveitamento de resíduos, nanotecnologia, desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços e tecnologias em geral”, diz Arbex.
‘Vacas felizes’ – A mudança de hábitos dos consumidores, associada às soluções que as startups apresentam abre um leque de oportunidades para os empreendedores. Um exemplo é a produção orgânica de leite, mercado que está em expansão no mundo e é uma resposta dos laticínios não apenas para garantir a qualidade do produto, mas também para mostrar à sociedade de que o leite provém de vacas bem tratadas e “felizes”. Para isso, a Nestlé criou o Projeto Cowsense, voltado para o acompanhamento do rebanho em propriedades produtoras de leite orgânico. Para monitorar o bem-estar das vacas, a Nestlé incorporou um sensor, desenvolvido por uma startup, que coleta e fornece informações sobre as atividades que expressam o comportamento natural das vacas: ruminação, ócio e temperatura corporal.
Segundo o gerente de Milk Sourcing da Nestlé Brasil, Edney Murillo Secco, por meio de um sistema de inteligência artificial, o sensor cria algoritmos através da leitura de atividades que definem o comportamento padrão de cada animal. Esses dados são enviados em tempo real para o produtor por meio de um aplicativo no celular e, se há algum comportamento se desvia do padrão, o produtor recebe um alerta pelo sistema. São informações precisas sobre a condição da vaca, que permitem que o produtor tome decisões sobre a gestão do rebanho, com mais eficiência e autonomia.
A Nestlé é a maior empresa de alimentos e bebidas do mundo, mas grandes soluções podem estar na mão de pequenos empreendedores. É o caso da OnFarm, vencedora do Desafio de Startups do ano passado. A startup desenvolveu um conjunto de tecnologias capaz diagnosticar e identificar as principais bactérias que causam a mastite bovina em 24 horas, tudo feito na própria fazenda.  A solução é composta de:
– SmartKit: com materiais de consumo para realização do teste de mastite (luvas, tubos e bastões estéreis) e os testes SmartColor, que são meios de cultura cromogênicos que permitem a identificação das principais bactérias causadoras de mastite com base na diferença de cores.
– SmartLab: cabine de trabalho portátil com conceito “Lab in a Box”;
– OnFarmApp: sistema de gestão que controla todas as etapas da análise e permite monitoramento remoto, seja pelo produtor ou pelo veterinário, e também pela central de suporte. Além disso, o sistema apresenta indicadores de performance (KPI) para controle da mastite.
Ideas for Milk – Além do Desafio de Startups, o Ideas for Milk compreende a Caravana 4.0, quando pesquisadores e analistas da Embrapa Gado de Leite fazem palestras em instituições de ensino e eventos de inovação. A Caravana tem como objetivo fomentar o surgimento de um ecossistema, reunindo empresas, universidades, pesquisa agropecuária e setor produtivo, onde possam surgir novas startups para a cadeia produtiva do leite. Há também um hackathon, (batizado de Vacathon, num trocadilho com a palavra “vaca”), que reúne dezenas de estudantes numa maratona de programação, acampados na sede da Embrapa Gado de Leite (Juiz de Fora, MG). Este ano, o Vacathon ocorrerá dos dias 28 de outubro a primeiro de novembro.
Instituições que apoiam o evento – O Ideas for Milk é realizado pela Embrapa em parceria com Agripoint, BovControl, Carrusca Innovation, Kick, Qranio e Texto Comunicação. Conta com o patrocínio das seguintes instituições: Bayer Saúde Animal, Faemg/Inaes, MSD Saúde Animal, Nestlé, Senar-RN, Silemg, Start Química, Tortuga/DSM e Viva Lácteos, CRMV/MG, FAEG/Senar-GO, IBM e Sistema OCB. Também são parceiros da iniciativa ABIQ, ABLV, Alta Genetics, Belgo Arames, Cisco, Danone, Microsoft, Sindilat-RS, Tim.

Deixe uma resposta