fbpx

Notícias

Fazu revitaliza setores e investe na estrutura física

//
Comentário0
/
Categorias

Com cerca de 200 hectares, a estrutura física da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) passou por diversas revitalizações e benfeitorias em 2019. Sob a direção do zootecnista Eduardo Rodrigues, a prefeitura do campus engloba toda parte manutenção e zeladoria da Fazu. O setor Administrativo, a Biblioteca Dora Sivieri, as salas de aula, os jardins e a Fazenda Escola receberam diversas manutenções e restaurações. Em 2020, o processo continua com o objetivo de fornecer um espaço mais agradável para alunos, colaboradores e visitantes.

Foram recebidos mais de 100 tickets de serviço via sistema Fazu ao longo do ano, além de outros mais de 180 memorandos com solicitações diversas, incluindo manutenções e trabalhos realizados na Fazenda Escola.

“As atividades foram um trabalho em conjunto das equipes de manutenção e zeladoria da Fazu. Somente quem tem uma equipe comprometida e que sabe a importância do seu papel dentro da instituição é capaz de realizar um bom trabalho. Agradeço a toda minha equipe pela dedicação e empenho dispensados em 2019 e estamos caminhando rumo à uma maior eficiência e qualidade nos serviços prestados para o ano de 2020”, destaca o gerente administrativo da Fazu, Eduardo Rodrigues.

No segundo semestre de 2019, parte das salas de aulas foram totalmente revitalizadas. As salas receberam o tratamento do piso, com a remoção da cera antiga e aplicação de base seladora, com novo acabamento, além de pintura completa.  Foram substituídas tomadas, interruptores e luminárias, que passaram a ser em led, sendo mais econômicas e com mais qualidade do lúmem. Os aparelhos de ar condicionado, os televisores e os projetores também foram inspecionados.

O Setor Administrativo também passou por uma série de mudanças e melhorias. A sala dos professores foi ampliada e recebeu nova pintura, propiciando um ambiente mais agradável e aconchegante para os professores. A Fazu criou um novo espaço para tutoria do EAD (Ensino a Distância), com instalação elétrica, pintura e adequação dos pontos de rede de internet e telefone, além da instalação de equipamentos de informática.

A Fazu modernizou o sistema de rede dos setores da Gerência Administrativa, Secretaria Geral, Salas dos Coordenadores, Marketing e Almoxarifado e Suprimentos. O trabalho foi feito em decorrência do grande fluxo de dados. A mudança foi feita com uso de cabo CAT6, em substituição de sistemas antigos. Em 2019, aconteceu também um remanejamento estratégico de salas do administrativo, com nova identificação visual, em parceria com setor de Marketing e Diretoria Acadêmica.

De acordo com Eduardo, outra importante restruturação foi no portão de entrada da Fazenda Escola. “Como o portão era muito próximo da rua, motoristas de caminhões e outros veículos de grande porte tinham dificuldade de passar pelo local, então fizemos uma readequação total, com recuo do portão e ampliação do espaço. A nova entrada também conta com câmera e interfone, além de reparos na iluminação. O espaço tem um acesso exclusivo para alunos e professores através do estacionamento dos colaborados.

A Fazu também passou por uma regularização dos alvarás de licença e localização, (alvará sanitário e de alto de vistoria do corpo de bombeiros), com brigada de incêndio. O campus recebeu placas de estacionamento exclusivo para deficientes e idosos, além de outras placas regulamentadoras (proibido parar e estacionar, etc). A segurança também foi reforçada, com instalação e reativação de câmeras em diversos locais. O refeitório dos colaboradores também passou por reforma, com nova pintura, tratamento de piso resinado e instalação de cuba. A Fazu investiu em um novo veículo para demandas do campus.

A Biblioteca Dora Sivieri também foi revitalizada, com tratamento do piso e manutenção em parte dos aparelhos de ar condicionado. Segundo o prefeito do campus, o objetivo neste primeiro semestre de 2020 é manutenção total dos aparelhos de ar condicionado, além da revisão do sistema de calhas e vistoria e manutenção das telhas e rufos.

A Fazu adquiriu um contêiner para abrigar resíduos provenientes do Hospital Veterinário de Uberaba (HVU), localizado no campus da faculdade. A Fazenda Escola recebeu ampliação da iluminação nos ambientes abertos, sendo no Confinamento Automatizado, Curral de Manejo, setor de Silvicultura, Poço Artesiano 3, entre outros locais. A Fazu promoveu também manutenção dos sistemas elétricos, com aquisição de novas lâmpadas, mais econômicas e modernas. O setor de Suinocultura teve os abrigos das matrizes totalmente reformados.

Por fim, a Fazu trabalhou na readequação total do antigo prédio do NEEA para abrigar o Centro de Referência em Empreendedorismo e Inovação para o Agronegócio (Celeiro), lançado em junho de 2019. O prédio recebeu pintura da fachada, pintura interna (salas, copa, estrutura interna), além do tratamento total do piso, com a remoção da cera antiga e aplicação de base seladora, com novo acabamento. A iluminação interna também foi trocada por luminárias (paflons) de led, em substituição as luminárias antigas.

Deixe uma resposta