fbpx

Notícias

Fazu recebe doação de animais da Agro Maripá

//
Comentário0
/
Categorias,

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) recebeu a doação de animais de alto valor genético da Agro Maripá. São éguas da raça Mangalarga Marchador e animais das raças Nelore e Gir Leiteiro. A doação aconteceu por meio do Sr. Marcelo Baptista de Oliveira, proprietário da Agro Maripá, criador de cavalos há mais de 40 anos, e os colaboradores da Fazu, o zootecnista Sávio Caldeira, supervisor da Fazenda Escola, e a professora Camila de Moraes Raymundo, responsável pelo setor de Equideocultura da faculdade.

O objetivo é alavancar o projeto de formação de rebanhos concisos e de grande valor genético e zootécnico da Fazu, além de contribuir com a formação acadêmica do corpo discente e docente da faculdade. A previsão é que os animais cheguem ainda este ano na Fazu.

A parceria surgiu após o Sr. Marcelo Baptista enviar animais para participar do o Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens (PNAT), promovido pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ). Como a fase do Teste de Desempenho e Eficiência Alimentar deste programa acontece no Confinamento Automatizado da Fazu, o colaborador Sávio conheceu o William, da Agro Maripá, e comentou pela primeira vez sobre uma possível parceria e doação de equinos da raça Mangalarga Marchador para a Fazu.

Após esse primeiro contato, o diretor da Fazu Carlos Henrique Cavallari Machado, apresentou o Sávio e a professora Camila ao Sr. Marcelo, onde estreitou a possibilidade de parceria. Em conversa com os zootecnistas, o Sr. Marcelo ofereceu duas éguas de seu plantel prenhas, para compor o rebanho equino da Fazu. Seguindo o assunto, Sávio comentou sobre os projetos da faculdade com zebuínos das raças Tabapuã e Sindi e que o próximo passo, seria trabalhar com as raças Nelore e Gir Leiteiro. Mediante o comentário, o Sr. Marcelo disponibilizou à Fazu exemplares Nelore e Gir Leiteiro para iniciar e alavancar o projeto mencionado. Por fim, surgiu também a possibilidade de trabalhar futuramente com cabras da raça Saanen, do rebanho Maripá.

De acordo com a professora Camila, a parceria é de extrema importância para formação de um rebanho de animais puro de origem (PO), da Fazu, já que o rebanho da Agro Maripá é consistente e de relevância na pecuária nacional. “Os animais da Agro Maripá irá proporcionar aos alunos um entendimento prático e aplicado sobre nutrição, fisiologia reprodutiva e técnicas da reprodução, melhoramento genético, manejo e preparação dos animais para exposição ou competições. Além disso, contribui para que os acadêmicos possam praticar a avaliação visual, compreendendo os padrões raciais e funcionais específicos”, destaca a professora Camila.

Durante a ExpoGenética 2019, o zootecnista Sávio e a professora Camila receberam o Sr. Marcelo na Fazenda Escola da Fazu para apresentar as instalações e piquetes que os animais passarão a serem manejados. “O Sr. Marcelo se mostrou encantado com a estrutura da faculdade e assim, concretizou-se a parceria”, comenta Sávio.

“Ficamos agradecidos pela confiança conferida pela Agro Maripá, na pessoa do Sr. Marcelo, em disponibilizar a genética dos seus animais, para impulsionar o crescimento do rebanho da instituição, agregado à grandiosa evolução profissional dos alunos da Fazu, que irá influenciar o desenvolvimento da pecuária nacional”, agradece os colaboradores da Fazu.

Agro Maripá

A Agro Maripá foi fundada em 1979 com o objetivo de produzir geneticamente cavalos de andamento confortável para cavalgadas, com galope equilibrado e aptidão para a lida das fazendas. Propriedade de Marcelo Baptista de Oliveira, criador de cavalos da raça Mangalarga Marchador há mais de 40 anos.

Deixe uma resposta