fbpx

Notícias

Fazu marca presença no Encontro para o Ensaio de Proficiência para Laboratórios

//
Comentário0
/
Categorias

O Laboratório de Solos e Nutrição Animal da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) marcou presença no Encontro para o Ensaio de Proficiência para Laboratórios (EPLNA). O evento aconteceu nos dias 28 e 29 de março realizado na Embrapa Pecuária Sudeste Rodovia Washington Luiz, em São Carlos (SP). A supervisora de laboratório, Marta Tovo, participou do evento que apresentou métodos para verificar o desempenho de laboratórios na realização de ensaios por meio de comparações interlaboratoriais.

De acordo com Marta, está cadastrado na base de dados EPTIS (The European Proficiency Testing information System). O evento conta com a participação de vários laboratórios, como Laboratórios da Embrapa, Universidades, Institutos Estaduais de Pesquisa, Prestadores de Serviços Analíticos e de Indústrias de Alimentação Animal do Brasil, Colômbia, Chile, Paraguai e Bolívia.

O objetivo do encontro foi a melhoria da precisão analítica e monitoramento continuo do desempenho do laboratório, agregar valor a qualidade dos ensaios. “Participar do Ensaio de Proficiência para Laboratórios (EPLNA) é uma ferramenta extremamente importante. Assegurar a confiabilidade nos resultados emitidos aos clientes, padronizar as atividades frente ao mercado, reconhecimento de resultados de ensaios em nível nacional e internacional e é também um dos requisitos da norma ISO/IEC 17025:2005”, destaca Marta.

É frequente a participação de alunos em projetos oferecidos pela própria faculdade ou por empresas parceiras durante a graduação. Em muitos desses projetos é necessária a realização de analises, para o aprofundamento dos estudos. Participar do EPLNA e receber a certificação confere a esses projetos uma garantia de que os resultados estão dentro dos parâmetros exigidos. Essa certificação tem influência direta na vida acadêmica do aluno, pois os projetos irão constar em seu currículo e agregar valor ao mesmo. “Credibilidade é um dos bens mais valiosos de qualquer organização, seja ela pública ou privada”, comenta.

Deixe uma resposta