Fazu News

Saiba o que acontece na Fazu

Fazu avalia eficiência alimentar de bovinos confinados com produto à base de algas marinhas

//
Postado por
/
Comentário0
/
Categorias,

Em parceria com a empresa PrimaSea, o experimento analisa a eficiência do produto comercial Lothar®

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), em parceria com a PrimaSea, a maior empresa produtora de Lithothamnium do mundo, iniciou projeto de pesquisa para avaliar o efeito do ingrediente nutricional Lothar® sobre o desempenho e a eficiência alimentar de bovinos confinados.

O experimento conta com 45 animais mestiços, inteiros, com 350 kg de peso vivo. São 91 dias de experimento, sendo 21 dias de adaptação e 70 dias de avaliação efetiva. O projeto conta com dois estagiários do curso de Zootecnia, Marcos João Pires Júnior e Pedro Henrique Reis Silva. Os animais iniciaram o período de adaptação no dia 21 de dezembro de 2020, no Confinamento Automatizado, no campus da Fazu.

De acordo com a professora Dra. Juliana Jorge Paschoal, o objetivo será mensurar o consumo de matéria seca dos animais, o consumo diário do suplemento fornecido e o consumo de água. Serão avaliados também o ganho de peso (GMD), a eficiência alimentar e as frações fecais por meio do analisador de digestão”, explica.

A PrimaSea é a maior produtora de Lithothamnium do mundo. A empresa é líder especializada no setor – da coleta marítima, processamento industrial à comercialização – de produtos especiais de alto padrão derivados do Lithothamnium (sedimentos orgânicos fossilizados).

O Lithothamnium (Lithothamnion Calcareum) é uma alga marinha fossilizada (vegetal), pertencente ao grupo de Sedimentos Bioclásticos Marinhos (SBM), que formam grandes colônias não consolidadas em mar aberto em regiões específicas do planeta. É uma matéria-prima com altíssima capacidade de acumular nutrientes entre suas paredes celulares e potencializa todos os processos fisiológicos benéficos ao desenvolvimento vegetal e animal.

Deixe uma resposta