fbpx

Notícias

Com participação da Fazu, ABCZ divulga resultados do PNAT 2019

//
Comentário0
/
Categorias

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) marcou presença na divulgação da lista dos touros selecionados na edição 2019 do Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens (PNAT). Como um dos pontos altos na programação da 12ª ExpoGenética, o anúncio aconteceu na manhã desta sexta-feira (23) na Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

Em uma versão com recorde de animais participantes, 168 exemplares foram inscritos, sendo que 75 foram classificados no Teste de Desempenho e Eficiência Alimentar (TDEA) e 22 foram selecionados na ExpoGenética, após serem submetidos à votação de criadores e técnicos.

Importante fase do PNAT, o Teste de Desempenho e Eficiência Alimentar (TDEA) acontece no Confinamento Automatizado da Fazu. “O teste de desempenho faz parte da segunda fase do PNAT e tem como objetivo, selecionar animais mais eficientes, com base no CAR (Consumo Alimentar Residual). A seleção para esta característica tem impacto econômico e ambiental, pois os animais consomem menor quantidade de alimento para o mesmo ganho de peso, sendo mais sustentáveis”, afirma a zootecnista e professora da Fazu, Juliana Jorge Paschoal.

“Receber mais uma vez a fase do teste de eficiência alimentar reafirma a capacidade técnico-acadêmica e a excelente estrutura física da Fazu. São inúmeros beneficiados, os acadêmicos de Zootecnia que têm contato com excelentes animais, os pecuaristas, além de contribuirmos com dados para o melhoramento genético da pecuária nacional. A Fazu possui grande experiência em avaliação de animais em teste de eficiência, pensamos sempre no animal melhorado, focando cada vez mais uma pecuária sustentável”, destaca o diretor acadêmico da Fazu, Carlos Henrique Cavallari Machado.

“O balanço dessa edição é extremamente positivo. Conseguimos mostrar, mais uma vez, o alto nível do PMGZ, e consequentemente dos touros classificados PNAT, e o quanto nós podemos contribuir com o melhoramento genético efetivo da população zebuína brasileira e também com o rebanho comercial, melhorando efetivamente a pecuária”, destaca Lauro Fraga, gerente de Melhoramento Genético da ABCZ.

Fraga destaca ainda que dos 22 touros classificados, dois são da raça Brahman, 15 são Nelore (entre padrão e mocho), dois são da raça Sindi e três são Tabapuã. “Todo criador busca avaliação e o PNAT nos oferece justamente isso. Dessa forma, ter um animal classificado nesse programa é muito gratificante. Nos mostra que estamos no caminho certo”, diz Paulo Sérgio Scatolin, proprietário de um dos touros classificados na raça Brahman.

Conjunto Progênie de Pai. Como uma das novidades nesta edição da ExpoGenética, também foram premiados os melhores conjuntos Progênie de Pai de Touros classificados no PNAT. A avaliação é voltada a grupos constituídos por quatro filhos com idade até dezoito meses, de touros classificados no programa desde 2010 a 2018, entre outras características.

“Todo prêmio é muito bem-vindo, mas essa inovação que a ABCZ trouxe é muito importante para mostrarmos para todo mundo os frutos do PNAT. Até porque não basta escolher um touro, esse animal precisa produzir e essa avaliação é uma forma de você demonstrar essa produção. Ficamos muito satisfeitos”, destaca Antonio Aurico, gerente de Pecuária do grupo Nelore Di Gênio, que fez dobradinha com a premiação de ‘Conjunto Campeão’ e ‘Conjunto Reservado Campeão’.

Confira abaixo a lista completa dos animais selecionados no PNAT 2019:

 Resultado Final PNAT 2019 (Tabapuã)

 Resultado Final PNAT 2019 (Sindi)

 Resultado Final PNAT 2019 (Nelore)

 Resultado Final PNAT 2019 (Brahman)

Texto Adaptado da Imprensa ABCZ

Deixe uma resposta