HVU - Hospital Veterinário de Uberaba

O Hospital Veterinário de Uberaba (HVU) é uma parceria firmada entre a Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba), a Uniube (Universidade de Uberaba) e a ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu), tendo sido inaugurado em 03 de agosto de 2000.

O HVU é um dos mais modernos e bem equipados hospitais da região e conta com professores renomados, profissionais especializados e infraestrutura adequada e direcionada para o aprendizado prático dos alunos do curso de Medicina Veterinária, que cursam as disciplinas básicas da graduação na Uniube e as disciplinas práticas profissionalizantes na Fazu, onde se localiza o HVU.
 
Entre em contato:
(34) 3319-8787

Ensino

Residência Médica

Normatização

Atendimento a pequenos animais

Atendimento a animais de grande porte

Estrutura

Conselho Gestor

Ensino

Graduação em Medicina Veterinária
A criação do curso de Medicina Veterinária foi muito bem sucedida, através da parceria entre Fazu, Uniube e ABCZ.
Essa iniciativa foi motivada pela posição de destaque do Triângulo Mineiro na bovinocultura brasileira, tanto em termos de plantel e no desenvolvimento de programas de seleção, quanTO no melhoramento genético.

O HVU possui uma infraestrutura de qualidade contando com prédios modernos, laboratórios de última geração, biblioteca informatizada, projeto pedagógico inovador e corpo docente formado, em sua maioria, por mestres e doutores, garantindo assim um nível de excelência para o curso e para o atendimento ao público.

Parcerias com diversas empresas do setor animal proporcionam ao aluno uma maior possibilidade de realização de estágios curriculares.
Além disso, a posição privilegiada do Brasil como exportador de carnes e o crescimento constante do agronegócio colocam em grande expansão o mercado de trabalho para o médico veterinário.

O curso é reconhecido pelo MEC – Portaria nº 630 de 06/03/2002 e oferece 60 vagas semestrais com a duração de 10 períodos.
Saiba mais sobre a Graduação em Medicina Veterinária

Extensão em Brucelose e Tuberculose
O programa de treinamento em métodos de diagnóstico e controle da brucelose e tuberculose animal e de noções em EET é voltado para médicos veterinários.
O curso conta com a realização de exames e coleta de material para encefalopatias e com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Saiba mais sobre a o curso de Extensão em Brucelose e Tuberculose

Extensão em Inseminação Artificial de Bovinos
O curso, realizado em parceria com a Alta Genetics desde 2004, trabalha as noções básicas de anatomia e fisiologia do aparelho reprodutor da fêmea bovina, a observação de cios em gado de leite e corte, as práticas de descongelamento do sêmen, o manejo e a utilização do botijão de sêmen, e o passo a passo da inseminação artificial enfatizando suas vantagens, além do perfil de um bom inseminador.
As peças anatômicas são utilizadas na iniciação e só depois a turma segue para a aula prática.
Durante o curso, é realizada a visita à central da Alta Genetics, onde os participantes conhecem todo o processo de industrialização do sêmen, desde a coleta até a armazenagem, além do trabalho realizado com os touros.
Saiba mais sobre a o curso de Extensão em Inseminação Artificial de Bovinos

Residência Médica

O Instituto de Estudos Avançados em Veterinária “José Caetano Borges”, junto com a tríade Fazu, ABCZ e Uniube, proporcionam vagas para o ingresso no Programa de Aprimoramento Profissional em Atividade Hospitalar em Medicina Veterinária (Residência Médica), realizado no Hospital Veterinário de Uberaba.

São disponibilizadas 13 vagas para as seguintes áreas:
– 03 vagas para clínica médica de pequenos animais;
– 03 vagas de cirurgia de pequenos animais;
– 02 vagas para clínica e cirurgia de grandes animais;
– 01 vaga para diagnóstico por imagem em medicina veterinária;
– 02 vagas para anestesiologia veterinária;
– 01 vaga para diagnóstico de imagem em medicina veterinária;
– 01 vaga para patologia veterinária.

O processo seletivo é realizado no último trimestre de cada ano, com a disponibilização de edital para as vagas.
A previsão para um novo edital é em outubro de 2016.

Para maiores informações, o contato pode ser feito através dos e-mails
hvu@uniube.br ou residencia.hvu@uniube.br.

  • Edital do Concurso para Residência Médica – 003/2015
  • Normatização

    Vestimenta
    – Calçado fechado;
    – Calça comprida (homens e mulheres);
    – Camisa ou camiseta com mangas;
    – Roupa branca, macacão ou avental, dependendo do local da aula;
    – Pijama cirúrgico de uso exclusivo nas dependências do bloco cirúrgico;
    – Os pijamas sujos deverão ser dispensados no ramper que fica no vestiário feminino e masculino, após a aula;
    – Utilizar jaleco ou macacão e botas no laboratório de patologia;
    – Utilizar jaleco branco no laboratório de anatonima.

    Fluxo de pessoal
    – O bloco cirúrgico é de fluxo exclusivo dos professores e alunos impreterivelmente em atividades cirúrgicas, adequadamente paramentados;
    – As áreas de grandes animais são de fluxo exclusivo dos professores e alunos em atividades afins, adequadamente vestidos. É obrigatório o uso de jaleco ou macacão e sapatos fechados;
    – As áreas de pequenos animais são de fluxo exclusivo dos professores e alunos em atividades afins, adequadamente vestidos;
    – Alunos em aula de patologia e anatomia estão proibidos de circular no HVU com as roupas durante a aula.

    Apresentação
    Os alunos devem se apresentar para as aulas no HVU com:
    – Roupas limpas;
    – Unhas aparadas e limpas;
    – Cabelos longos presos;
    – Calçados limpos e fechados.
    Durante a permanência no HVU é proibido o uso de celular em módulo sonoro.

    Apresentação no setor de clínica de pequenos animais
    – Vestimenta branca;
    – Sapatos brancos e fechados;
    – Calça longa, camiseta e jaleco;
    – É proibido o uso de boné e óculos escuros.

    Higienização
    – Deve ser realizada a lavagem das mãos antes e depois de qualquer procedimento relacionado à pratica clínica;
    – A solução de álcool gel deve ser utilizada para higienização das mãos, desde que não haja sujidade visível. (Obs.: o álcool gel não substitui o processo de lavagem das mãos).

    Outras considerações
    – Proibido alimentar-se dentro do HVU;
    – Proibida a entrada de alunos na copa do HVU;
    – Manter silêncio;
    – Proibido fumar no HVU;
    – Trazer somente o material necessário para as aulas (estetoscópio, termômetro digital ou de mercúrio nas aulas de semiologia e de clínica de grandes e pequenos animais);
    – Pertences particulares devem ser guardados nos armários.

    Atendimento a pequenos animais

    Enfermaria
    Unidade de internação (25 leitos), onde são acomodados os animais com doenças não-infecciosas que necessitam de acompanhamento médico-veterinário 24 horas.
    Todo o tratamento é acompanhado por profissionais da área clínica e cirúrgica, assim como pelo corpo docente, pós-graduandos e discentes do curso de Medicina Veterinária.

    UTI
    Aqui são admitidos animais que dão entrada em quadros de urgência e emergência assim como animais que estejam em processo de recuperação cirúrgica.
    O setor é equipado para o monitoramento integral do paciente até a estabilização;

    Bloco Cirúrgico
    O HVU está habilitado para cirurgias em tecidos moles e duros, com especialistas nas áreas de oftalmologia, odontologia, ortopedia e obstetrícia.

    Animais silvestres e exóticos
    O HVU vem se preparando para receber animais silvestres encaminhados pela Polícia Ambiental.
    Animais vítimas de maus tratos ou atropelados nas estradas da região.
    Devido ao crescimento urbano que interfere diretamente no índice de animais errantes na cidade e, também, pelo fato da região do Cerrado possuir uma fauna e flora riquíssima e que sofre a cada dia mais com o crescimento urbano e rodoviário, causando o aumento do movimento automotivo e, fazendo com que a incidência de animais silvestres atropelados aumente.

    Atendimento a animais de grande porte

    Enfermaria
    Unidade de internação (confinamento) para aqueles animais em tratamento clínico e/ou pós-cirúrgico.
    O ambiente é propício à recuperação com áreas arejadas e em prédio separado do grupo de PA, para evitar o estresse dos animais.
    Todos os casos admitidos no hospital são acompanhados por uma equipe de colaboradores especializados, professores, pós-graduandos e discentes em atividade prática;

    Bloco Cirúrgico
    Equipamentos modernos para a realização de cirurgias e procedimentos que necessitem da sedação do animal.
    O setor conta com monitores, respiradores e acomodação para o preparo e recuperação anestésica.
    O setor ainda conta com sistema de câmera para transmissão em vídeo-aulas.

    Estrutura

    Análises Clínicas e Medicina Veterinária Preventiva
    Os laboratórios de Análises Clínicas e Medicina Veterinária Preventiva são de extrema importância para determinação diagnóstica, tanto para os casos atendidos pela equipe técnica do Hospital Veterinário como para absorver demanda externa, como prestador de serviços.
    Dentre os principais exames realizados temos: hemograma completo, bioquímica, urinálise, parasitológico de pele e fezes, hemogasometria, avaliação de líquidos (pleural, peritoneal, pericárdico e sinoval) e líquor, além de sorologias, culturas e antibiogramas.
    Seus profissionais atuam pró ativamente para contribuir com a formação de futuros profissionais veterinários e para formação dos profissionais vinculados ao Programa de Aprimoramento Profissional.

    Anatopatologia
    É responsável pelo diagnóstico post-mortem, exames cito e histopatológico.
    À frente da disciplina e coordenador do setor está o professor Dr. Humberto Eustáquio Coelho além de um técnico de patologia e veterinários integrantes do Programa de Aprimoramento Profissional em Medicina Veterinária.
    O laboratório é campo da prática e atende alunos de graduação com disciplinas de patologia geral e especial, ornitopatologia e patologia de animais silvestres.
    A maioria dos procedimentos vem de pacientes atendidos no HVU e são realizados durante as aulas. A taxidermia e o embalsamamento são técnicas realizadas no laboratório.
    A atividade acadêmica é enriquecida com os programas de monitoria, iniciação científica e laboratório de estudos.

    Diagnóstico por Imagem
    O setor de diagnóstico por imagem é uma vertente da Medicina Veterinária que auxilia a clínica médica e cirúrgica de animais de pequeno e grande porte, silvestres e exóticos.
    Faz parte do escopo do setor: ultrassonografia, radiografia e endoscopia.
    A graduação do curso de Medicina Veterinária oferece a disciplina de Diagnóstico por Imagem, focando em radiografia no 6º período e ultrassonografia, no 9ª período.
    As aulas práticas acontecem no HVU, utilizando pacientes de casuística do hospital, ou seja, sem simulações, é uma prática real, atendendo pacientes de Uberaba e região.
    Os exames e procedimentos realizados durante as aulas práticas garantem descontos ao proprietário.
    O HVU oferece um programa de aprimoramento profissional em diagnóstico por imagem, com duração de dois anos. No 1º ano, foco em radiografia e no 2º ano , foco em ultrassonografia.

    Anfiteatro “Dr. Lício Velloso”
    O Hospital Veterinário de Uberaba conta com um anfiteatro com acomodação para 100 pessoas.
    Ele está pronto para receber qualquer tipo de evento relacionado ou não ao curso de Medicina Veterinária (simpósios, palestras, cursos e minicursos, entre outros).
    Para que esses eventos possam ser realizados, é necessário solicitar uma reserva através do e-mail hvu.telefonia@uniube.br, constando a data e hora de realização do evento.

    Conselho Deliberativo Gestor do Hospital Veterinário de Uberaba – 2015-2017

    André Luís Teixeira (Uniube)
    Carlos Henrique Cavallari Machado (Fazu)
    Enilice Cristina Cadetti Garbellini (ABCZ)
    Fábio Melo Borges (Fazu)
    Inara Barbosa Pena Elias (Uniube)
    Humberto Eustáquio Coelho – Diretor Executivo do Conselho (Uniube)
    Rodrigo Martins Bragança (ABCZ)