Notícias

Fazu conquista nota 4 em avaliação do MEC

//
Comentário0
/
Categorias

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) recebeu na última semana, uma comissão de avaliadores do Ministério da Educação (MEC) para o Recredenciamento Institucional. Na última terça-feira (25/04), foi divulgado o resultado do recredenciamento por parte dos avaliadores e a nota atribuída foi 4, numa escala de 0 a 5. Com mais de 40 anos de existência, a Fazu é reconhecida internacionalmente pelo ensino, pesquisa e estudo das Ciências Agrárias.

Como parte do processo de qualificação e aprimoramento da prestação dos serviços educacionais de nível superior no Brasil, umas das atividades de maior importância é o processo de Autorização de Funcionamento das Instituições de Ensino Superior. O Recredenciamento Institucional é o instrumento que reavalia todas as Instituições e Ensino Superior do país, a cada cinco anos, e, o seu resultado numa escala de 0 a 5. “A Nota 4 da Fazu é a confirmação de que aprimoramos, melhoramos, progredimos e alcançamos um alto nível de qualidade, agora reconhecido e confirmado pelo Ministério da Educação, isso graças ao nosso compromisso em formar profissionais tecnicamente competentes, éticos e comprometidos com a sustentabilidade social, econômica e ambiental e com alta capacidade de liderança para o desenvolvimento do agronegócio nacional e internacional”, destaca o diretor administrativo-financeiro, João Machado Prata Junior.

Com muita ética e transparência, a Fazu é mantida pela Fundação Educacional para o Desenvolvimento das Ciências Agrárias (Fundagri), entidade sem fins lucrativos, instituída pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), o objetivo inicial era, genuinamente, formar mão de obra qualificada para auxiliar na profissionalização das atividades rurais. Atualmente é uma instituição consolidada como referência internacional no Ensino, Pesquisa e Estudo das Ciências Agrárias, ostentando mais de 40 anos de tradição e excelência no Ensino Superior, ofertando cursos de graduação presenciais e cursos de pós-graduação semi-presenciais e a distância.

“Queremos cumprimentar toda nossa comunidade acadêmica pela capacidade de trabalho e realização, agradecer aos nossos parceiros e aliados pela confiança e colaboração e, compartilhar essa auspiciosa conquista com todos os amigos, simpatizantes e entusiastas do nosso trabalho. A todos nosso muito obrigado, e o compromisso desde já publicamente assumido de continuar melhorando, inovando e aprimorando no ensino das Ciências Agrárias”, agradece o diretor acadêmico da Fazu, Carlos Henrique Cavallari Machado. ​

Deixe uma resposta